Putin resolve finalmente parabenizar Biden

Vladimir Putin finalmente parabenizou Joe Biden por vencer as eleições nos Estados Unidos.

Putin prefere ser comedido

O presidente russo queria esperar que todos os processos oficiais fossem feitos antes de cruzar o Oceano Pacífico para dizer ‘muito bem’, apesar da maioria dos líderes mundiais fazer isso logo após 3 de novembro.

No entanto, agora que o Colégio Eleitoral votou no candidato democrata para ganhar a votação de 2020, Putin fez o mesmo.

Putin resolve finalmente parabenizar Biden
Foto:(reprodução/internet)

Em um comunicado publicado no site do Kremlin, Vladimir Putin disse que estava pronto para interação e contatos com” Biden.

Discurso pretencioso

Um porta-voz do presidente russo acrescentou: “Vladimir Putin desejou ao presidente eleito todo o sucesso e expressou confiança de que a Rússia e os Estados Unidos, que têm responsabilidade especial pela segurança e estabilidade globais, podem, apesar de suas diferenças, contribuir efetivamente para resolver muitos problemas e enfrentar os desafios que o mundo enfrenta hoje”.

“O presidente da Rússia observou que, com isso em mente, a cooperação russo-americana, baseada nos princípios de igualdade e respeito mútuo, atenderia aos interesses de ambas as nações e de toda a comunidade internacional”.

Putin resolve finalmente parabenizar Biden
Foto:(reprodução/internet)

Putin havia dito anteriormente que era prematuro dar os parabéns porque o processo eleitoral não foi totalmente concluído.

Coerência

“Trabalharemos com qualquer pessoa que tenha a confiança do povo americano”, disse Putin no final de novembro.

“Mas essa confiança só pode ser dada a um candidato cuja vitória foi reconhecida pelo partido adversário, ou depois que os resultados foram confirmados de forma legítima e legal”.

Putin resolve finalmente parabenizar Biden
Foto:(reprodução/internet)

Leia também: Joe Biden tem maior aprovação do que Trump teve nos últimos quatro anos

Essa declaração estava de acordo com um sentimento semelhante que foi emitido uma semana após a votação de 3 de novembro.

“Achamos apropriado esperar pela contagem oficial dos votos”, disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, na época.

A relevância do Colégio Eleitoral

Mas o Colégio Eleitoral se reuniu na segunda-feira (14 de dezembro) para dar o seu voto à eleição e voltou com 306 votos eleitorais, muito mais do que o necessário para assumir a Casa Branca.

Putin resolve finalmente parabenizar Biden
Foto:(reprodução/internet)

O Congresso se reunirá em 6 de janeiro para contar formalmente os votos do colégio eleitoral, antes de o presidente eleito tomar posse em 20 de janeiro.

O colégio eleitoral é um termo usado para descrever os 538 eleitores presidenciais oficiais, que fornecem seus votos oficiais para presidente e vice-presidente durante as eleições presidenciais do país, que ocorrem a cada quatro anos.

O complexo sistema eleitoral norte-americano

Cada estado tem um número diferente de eleitores, dependendo de quantos deputados possui e de seus dois senadores – embora nenhum estado possa ter menos de três eleitores.

Os eleitores geralmente votam no vencedor do voto popular em seu estado; entretanto, em alguns estados a votação é baseada no voto popular em cada distrito congressional.

É possível que os eleitores votem contra o voto popular (apelidado de “eleitores infiéis”), mas em alguns estados isso pode resultar em uma multa.

Traduzido e adaptado por equipe Jovem Online
Fonte: Ladbible