Natalie Portman revela o trauma de ter sido sexualizada na infância

Natalie Portman falou sobre como ter sido sexualizada quando criança ‘tirou’ sua sexualidade.

Assédios a deixou com medo

A atriz de 39 anos fez sua estreia como atriz em Léon: The Professional em 1994, quando tinha apenas 12 anos.

Ela afirmou anteriormente que a primeira correspondência de fã que recebeu de um homem depois do filme incluía uma ‘fantasia de estupro’, enquanto uma estação de rádio fez uma contagem regressiva para quando ela fosse maior de idade.

Natalie Portman revela o trauma de ter sido sexualizada na infância
Foto:(reprodução/internet)

Falando sobre como isso a impactou no podcast Armchair Expert com Dax Shepard, a vencedora do Oscar disse: “Ser sexualizada quando criança me afastou da minha própria sexualidade porque me deixou com medo”.

Efeitos colaterais

“Muitas pessoas tiveram a impressão de que eu era super-séria, puritana e conservadora à medida que envelhecia”.

“Cultivei isso conscientemente porque era uma forma de me fazer sentir segura. Se alguém te respeita, não te objetificará”.

Natalie Portman revela o trauma de ter sido sexualizada na infância
Foto:(reprodução/internet)

Esse medo de ser objetificado levou Portman a recusar certos papéis, como os que envolviam beijos ou cenas de sexo.

Ela disse: “Nessa idade, você tem sua própria sexualidade, tem seu próprio desejo e quer explorar as coisas … mas não se sente necessariamente seguro”.

Leia também: Avô de Drew Barrymore é roubado de necrotério para aparecer em canal do YouTube

Resposta inesperada

“Você constrói essas fortalezas”.

Natalie Portman revela o trauma de ter sido sexualizada na infância
Foto:(reprodução/internet)

Portman discutiu anteriormente o impacto de ser sexualizado desde cedo durante um discurso na Marcha das Mulheres em Los Angeles em 2018.

Ela disse: “Eu estava tão animada aos 13 anos quando o filme foi lançado e meu trabalho e minha arte teriam uma resposta humana.

Terrorismo sexual

“Eu abri com entusiasmo meu primeiro e-mail de fã para ler uma fantasia de estupro que um homem havia escrito para mim. Uma contagem regressiva foi iniciada em meu programa de rádio local para meu aniversário de 18 anos, eufemisticamente a data em que seria legal para dormir comigo. Críticos falavam sobre meus seios se desenvolvendo em comentários”.

“Aos 13 anos, a mensagem da nossa cultura era clara para mim. Senti a necessidade de cobrir o meu corpo e inibir a minha expressão e o meu trabalho para enviar ao mundo a minha mensagem: que sou alguém digno segurança e respeito”.

Natalie Portman revela o trauma de ter sido sexualizada na infância
Foto:(reprodução/internet)

“A resposta à minha expressão, de pequenos comentários sobre meu corpo a declarações deliberadas mais ameaçadoras, serviu para controlar meu comportamento em um ambiente de terrorismo sexual”.

Traduzido e adaptado por equipe Jovem Online
Fonte: Ladbible