Estado australiano revisa política para porte de drogas ilegais

O governo de Nova Gales do Sul revelou que está trabalhando em um plano que pode mudar radicalmente a maneira como a polícia lida com o porte de drogas.

Três chances antes de se configurar em crime

A ABC diz que o Gabinete do Estado está tentando repensar sua abordagem para penalizar as pessoas pegas com drogas ilegais.

Em vez da possibilidade de uma enorme multa ou de pena de prisão, a Polícia de NGS poderia introduzir uma mentalidade de três faltas para pessoas pegas com pequenas quantidades, ou quantidades de “uso pessoal” de drogas.

Estado australiano revisa política para porte de drogas ilegais
Foto:(reprodução/internet)

No primeiro caso, uma pessoa receberia um aviso; no segundo seria multa; a terceira vez justificaria outra multa e então se tornaria um crime na quarta ofensa.

Vantagens para ambas as partes

No momento, tudo está em fase de planejamento; no entanto, já está sendo saudado como um incrível passo à frente no repensar da abordagem do estado em relação ao uso de drogas.

O parlamentar dos Verdes, David Shoebridge, disse no Twitter que o suposto plano é “uma vitória para os jovens”.

Estado australiano revisa política para porte de drogas ilegais
Foto:(reprodução/internet)

“Se isso se acumular, é uma grande vitória para o bom senso, uma vitória para os jovens que podem cuidar de seus negócios sem serem perseguidos pela polícia. É também uma vitória para os policiais que podem colocar seus recursos onde são mais necessários”. Ele disse.

A principio não haverá descriminalização

“Essas são mudanças modestas, longe da descriminalização total, mas se se tornarem lei, reduzirão o policiamento agressivo e desnecessário de delitos menores de drogas”.

No entanto, Gladys Berejiklian desde então disse que seu governo não usará a palavra descriminalizar em nenhum plano futuro para a minimização das drogas.

Estado australiano revisa política para porte de drogas ilegais
Foto:(reprodução/internet)

“Essa não é a abordagem que adotamos. As drogas são um flagelo em nossa comunidade”, disse ela. “Recebemos recomendações do inquérito sobre gelo que nos acompanha e esperamos respondê-las. Mas posso deixar a posição muito, muito clara – não vamos descriminalizar as drogas em NGS e não posso ser mais clara do que isso”.

Leia também: OMS alerta que jovens são os maiores propagadores do COVID-19

Hipocrisia não fará mais vítimas

O governo de NGS está supostamente trabalhando agora no que constitui o uso ‘pequeno’ ou ‘pessoal’ das drogas que desejam enquadrar no plano. 7News diz que o plano abrangeria todas as drogas e uma decisão final sobre a política deve ser anunciada em algumas semanas.

Estado australiano revisa política para porte de drogas ilegais
Foto:(reprodução/internet)

O porta-voz da reforma da legislação sobre as drogas dos Verdes, Cate Faehrmann, acrescentou que isso impedirá que as pessoas tenham antecedentes criminais para pequenas quantidades de drogas.

“Os jovens foram perseguidos por muito tempo em NGS simplesmente por fazerem algo que quase metade de nós fez em nossas vidas, que é usar uma droga ilegal”, disse ela.

O exemplo dos Estados Unidos

“Com um em cada seis australianos adultos usando uma droga ilícita no ano passado, está claro que a guerra contra as drogas fracassou”.

Estado australiano revisa política para porte de drogas ilegais
Foto:(reprodução/internet)

“Em todo o mundo, estamos vendo o dominó cair. Todas as oito cédulas de reforma da legislação sobre drogas nas recentes eleições dos Estados Unidos foram aprovadas, incluindo a descriminalização total no Oregon”.

Partes dos Estados Unidos tomaram medidas para descriminalizar todas as drogas, o que evita que as pessoas sejam desnecessariamente presas por pequenas quantidades de substâncias e transforma o problema do abuso em uma questão de saúde e não criminosa.

Estado australiano revisa política para porte de drogas ilegais
Foto:(reprodução/internet)

Traduzido e adaptado por equipe Jovem Online
Fonte: Ladbible