As histórias por trás das fotos mais assustadoras do 11 de setembro

ANÚNCIO

Em 11 de setembro de 2001, uma série de ataques terroristas coordenados fez com que quase 3.000 pessoas perdessem suas vidas.

Duas aeronaves foram jogadas contra as torres

Quatro aviões foram sequestrados por homens-bomba da Al-Qaeda, um deles colidindo com o Pentágono em Washington e outro em um campo em Shanksville, Pensilvânia.

ANÚNCIO

Os outros dois jatos de passageiros foram direcionados às duas torres do World Trade Center em Nova York.

As histórias por trás das fotos mais assustadoras do 11 de setembro
Foto:(reprodução/internet)
As histórias por trás das fotos mais assustadoras do 11 de setembro
Foto:(reprodução/internet)

Algumas das fotos tiradas naquele dia foram gravadas em nossas memórias.

A fotografia do homem que pulou da janela

Aqui estão as histórias por trás de algumas das imagens mais icônicas.

ANÚNCIO

Talvez uma das fotos mais marcantes de 11 de setembro, foi tirada às 9h41 e mostra uma pessoa momentos depois de ter pulado da janela de uma das torres.

O nome da pessoa na foto ainda não é conhecido, embora se acredite que ela trabalhava em um restaurante dentro da Torre Norte.

Imagem é parte da vida e não de sua morte

O fotógrafo Richard Drew, que capturou a imagem, disse ao The Daily Beast: “Para mim, é um momento muito tranquilo”.

“Não é uma imagem violenta de forma alguma”.

As histórias por trás das fotos mais assustadoras do 11 de setembro
Foto:(reprodução/internet)

Leia também: Arranha-céu é atingido por grande incêndio nos Emirados Árabes

“Eu acho que algumas pessoas estão desanimadas com esta foto porque pode ser o destino delas”.

“Mas não é parte da morte desse homem, é parte de sua vida”.

A mulher que ficou coberta pela poeira dos escombros

Marcy Borders tinha apenas 28 anos na época do ataque, trabalhando no 81º andar da Torre Norte.

As histórias por trás das fotos mais assustadoras do 11 de setembro
Foto:(reprodução/internet)

Stan Honda tirou a foto dela que foi vista em todo o mundo, coberta da cabeça aos pés por uma espessa camada de poeira.

Mais tarde, Marcy foi diagnosticada com câncer e sofreu muito com depressão.

Vítima de câncer após 14 anos

Infelizmente, ela morreu em 2015, com apenas 42 anos.

Certa vez, ela disse ao The Jersey Journal que culpou o 11 de setembro pela doença, por ter inalado tanta poeira e fumaça.

As histórias por trás das fotos mais assustadoras do 11 de setembro
Foto:(reprodução/internet)

Ela disse à publicação: “Estou dizendo a mim mesma: ‘Essa coisa acendeu células cancerosas em mim?”

Ela acreditava que foi consequência da inalação de muita poeira

“Eu definitivamente acredito nisso, porque eu não tive nenhuma doença. Eu não tenho pressão alta … colesterol alto, diabetes. Como você deixa de ser saudável e acorda no dia seguinte com câncer?

Quando ela foi questionada se ela olhou para a foto dela naquele dia, ela disse que não.

“Eu tento passar de vítima a sobrevivente agora”, disse ela. “Eu não quero mais ser uma vítima”.

Traduzido e adaptado por equipe Jovem Online
Fonte: Ladbible

ANÚNCIO