A Grã-Bretanha pode ser o primeiro lugar no mundo onde os motoristas poderão dirigir sem as mãos

A Grã-Bretanha pode se tornar o primeiro país do mundo a permitir que os motoristas usem as mãos para outras coisas, em vez de dirigir enquanto trafegam pela autoestrada.

Livres para assistir um filme

A tecnologia que o governo está considerando permitir mantém os carros em sua faixa, o que deixaria os motoristas livres para assistir a um filme, enviar um e-mail ou fazer o que bem entendessem.

Mesmo que a tecnologia possa ser permitida na autoestrada, ela só será permitida no sistema start-stop a velocidades de até 60 quilômetros por hora, de acordo com reportagens do Sunday Times.

A Grã-Bretanha pode ser o primeiro lugar no mundo onde os motoristas poderão dirigir sem as mãos
Foto:(reprodução/internet)

O Departamento de Transporte já disse aos chefes do setor de seguros sobre as propostas, mas pode demorar um pouco antes de realmente estar nas estradas.

Sistema automatizado

O Sistema Automatizado de Manutenção de Faixa (ALKS) permite que os motoristas façam outras coisas enquanto o carro continua em movimento. Ele rastreia a posição do carro e acelera e desacelera em relação a localização dos outros carros presentes na estrada.

A Grã-Bretanha pode ser o primeiro lugar no mundo onde os motoristas poderão dirigir sem as mãos
Foto:(reprodução/internet)

De acordo com a Lei de Veículos Elétricos e Automatizados de 2018, o Secretário de Transporte Grant Shapps tem permissão para designar veículos ‘pelo menos em algumas circunstâncias ou situações capazes de dirigir sozinhos’.

Entre os primeiros veículos que podem receber esse privilégio estão os novos carros Tesla, bem como o Mercedes S-class, que deve chegar ao Reino Unido ainda este ano.

Desvantagens do sistema

No entanto, existem alguns pontos fracos da tecnologia que foram destacados pela AA e pela Thatcham Research, o órgão de pesquisa da indústria automotiva.

Por exemplo, os carros não podem mudar de faixa para evitar problemas. Em vez disso, eles diminuem a velocidade, fazendo com que o carro pare.

A Grã-Bretanha pode ser o primeiro lugar no mundo onde os motoristas poderão dirigir sem as mãos
Foto:(reprodução/internet)

Isso não é o ideal na rodovia.

Delay dos motoristas

Claro, a tecnologia faz com que o entretenimento no carro saia automaticamente em situações de emergência, mas ainda assim levará um tempo precioso de reação dos motoristas que não estão totalmente concentrados na estrada.

O secretário de transportes, Grant Shapps, que também é proprietário da Tesla, deseja que a Grã-Bretanha lidere o caminho com essa tecnologia, tendo admitido que deseja que o Reino Unido seja ‘o primeiro país a ver esses benefícios’.

A Grã-Bretanha pode ser o primeiro lugar no mundo onde os motoristas poderão dirigir sem as mãos
Foto:(reprodução/internet)

A parlamentar trabalhista Lilian Greenwood, membro do comitê de seleção de transporte, expressou preocupação sobre se esta tecnologia está pronta para assumir o controle ainda.

Insegurança da tecnologia

Ela disse: “Simplesmente não é seguro para os motoristas ignorar a estrada e fazer outras coisas enquanto a tecnologia é incapaz de responder com segurança ao inesperado”.

A Grã-Bretanha pode ser o primeiro lugar no mundo onde os motoristas poderão dirigir sem as mãos
Foto:(reprodução/internet)

Em um comunicado, o Departamento de Transporte disse: “Buscamos opiniões sobre o uso do Sistema Automatizado de Manutenção de Faixa para pavimentar o caminho para sua introdução com segurança nas estradas do Reino Unido“.

“Nenhuma decisão ainda foi feita sobre se permitirá ALKS operar a até 112 Km/h”.

Traduzido e adaptado por equipe Jovem Online
Fonte: Ladbible