Teatro acorda de luto: morre ícone do teatro Antunes Filho!

Morreu nesta quinta-feira (2) um ícone do teatro o diretor José Alves Antunes Filho, aos 89 anos de idade, mais conhecido popularmente como Antunes Filho, considerado um dos principais nomes do teatro Brasileiro por diversos artistas e aclamado pela crítica.

“Nesta noite do dia 2 de maio o Sesc, o Teatro e todo o Brasil estão mais tristes. Lamentamos o falecimento do diretor de teatro Antunes Filho, aos 89 anos, no Hospital Sírio-Libanês”, informou o Sesc SP no Facebook.

Teatro acorda de luto: morre ícone do teatro Antunes Filho!

Foto: (reprodução/internet)

Carreira

Sua Estreia no Teatro foi em 1953 com a peça Week-end, de Noel Coward. Em 1958, fundou a companhia Pequeno Teatro de Comédia e dirigiu o espetáculo “O Diário de Anne Frank”, ganhou prêmios da Associação Paulista de Critérios de Artes (APCA) e da Associação Carioca de Critérios Teatrais (ACCT). Ficou na companhia até o início dos anos de 1960, quando voltou ao TBC.

Porém, um dos maiores prestígios da carreira do diretor no teatro foi a sua versão de “Macunaíma” em 1978. Com o apoio do Sesc criou o Centro de Pesquisa Teatral (CPT) que é uma escola de formação e grupo permanente, que dirigiu até a sua morte.

A última peça de Antunes Filho no teatro foi a peça “Eu estava em minha Casa e Esperava que a Chuva Chegasse”, texto do francês Jean-Luc Lagarce que inaugurou no Sesc Consolação no ano Passado.

Vários atores e artistas passaram pela supervisão de Antunes.

Ele influenciou nomes como Luís Melo, Giulia Gam, Alessandra Negrini, Camila Morgado, Renata Jesion, Ondina Clais Castilho, Laura Cardoso, Eva Wilma, Raul Cortez, Cacá Carvalho, Stênio Garcia, Denise Stoklos, Marco Braz, Samir Yazbek, Lee Taylor, Bete Coelho e Roberto Alvim.