Entenda por que o filme ‘365 Dias’ é tão polêmico

Um novo filme chegou ao catálogo da Netflix e tem dado o que falar. Muitas pessoas estão criticando as cenas fortes e também a história que pode se tratar de um relacionamento extremamente abusivo.

O filme “365 Dias” foi comparado com a trama “50 tons de cinza”. Porém, muitas pessoas afirmam que ele acaba sendo mais “pesado” que a trilogia. A história é bem diferente e as cenas são mais quentes e explícitas.

Aparentemente as opiniões estão divididas, mas todos afirmam que este não é um filme para assistir na sala junto com a família. O público tem comentado um pouco sobre a experiência de ver a trama em suas redes sociais. 

Entenda por que o filme '365 Dias' é tão polêmico
Foto: (reprodução/internet)

Fique por aqui e entenda um pouco da história do filme “365 Dias” para saber o porquê ele se tornou tão popular e polêmico ao mesmo tempo. Separamos também o vídeo com o trailer oficial e legendado. 

Entenda o que o filme 365 Dias aborda

Algumas pessoas não sabem, mas o filme 365 Dias é uma adaptação de um livro escrito por Blanka Lipińska, uma autora polonesa. A história foi dividida em três partes e tem o gênero de romance erótico.

ANÚNCIO

O longa conta a história de uma moça comum que é sequestrada por um mafioso enquanto passava férias na Sicília com seu namorado. Massimo, o sequestrador, sofreu um acidente de carro com seu pai e ficou internado muitos dias.

Enquanto estava em coma no hospital, Massimo sonhava sempre com uma garota que não conhecia e quando melhorou decidiu procurá-la, mas não a encontrou. Um certo dia, ele estava caminhando pela Sicília e, coincidentemente, viu Laura Biel. Então, ele decide sequestra-la e dar 365 dias para que a garota se apaixone por ele.

Comentários nas redes sociais

Após muitas pessoas assistirem à trama na Netflix, o assunto começou a bombar nas redes: “Há uma enorme diferença entre fantasia e realidade. Se você é um cara, por favor, não se inspire [no filme]. Nenhuma garota quer ser sequestrada e obrigada a se apaixonar”, comentou Adiel de Villiers no Twitter.

“Acabei de assistir 365 Dias, e enquanto as cenas de sexo eram ótimas, a história em si romantiza apenas o sequestro e um relacionamento abusivo. Você basicamente assiste uma garota com síndrome de Estocolmo”, comentou @alexamarie_x também no Twitter.

Muitas pessoas comentaram sobre essa síndrome que pode estar sendo romantizada no filme. O fato é que esse assunto é muito sério e, ao mesmo tempo assustador, pois isso se trata de um distúrbio psicológico desenvolvido em algumas pessoas que ficam muito tempo presas e acabam se apaixonando pelo sequestrador. 

O motivo da polêmica e o trailer

Além desse romantismo totalmente errado e criticado, o filme também conta com algumas cenas de sexo bem explícitas. Então. fica claro que isso acabou incomodando algumas pessoas, mas uma parte do público está se interessando e o filme continua no catálogo da Netflix entre o Top 10

Entenda um pouco melhor do que estávamos falando assistindo o trailer acima. Até o momento, existem especulações de que irão produzir os próximos filmes baseados nos livros, mas aparentemente o final ficou bem em aberto e pode depender muito da avaliação do público para ter um próximo.

ANÚNCIO