Em um curto video médico revela mitos sobre vacina contra a COVID-19

Um médico lançou um vídeo para ajudar a desmascarar todos os principais mitos sobre as vacinas antes do lançamento da vacina contra o coronavírus Pfizer / BioNTech no Reino Unido, e ele conseguiu isso em menos de um minuto.

Receio da população motivou Ben

Com a vacina do coronavírus no horizonte, muitas pessoas estão se preparando para acabar com essa terrível pandemia, mas alguns ainda estão cautelosos ao receber a vacina, independentemente do rigoroso processo científico que ela deve passar antes de chegar aos nossos braços.

Com isso em mente, o médico do NHS Ben Janaway reservou um tempo para definir alguns desses pontos controversos para ocupar sua posição de especialidade.

Em um curto video médico revela mitos sobre vacina contra a COVID-19
Foto:(reprodução/internet)

Então, vamos dar uma olhada no que ele nos contou sobre as vacinas e os mitos sobre elas.

É injetado material morto ou inerte do vírus

Em primeiro lugar, confirmou que – ao contrário do que algumas pessoas dizem – não está sendo injetado o vírus vivo quando recebe a vacina.

Em um curto video médico revela mitos sobre vacina contra a COVID-19
Foto:(reprodução/internet)

Ele explicou: “As vacinas são feitas de uma forma inerte ou morta do vírus inserido no corpo para que os glóbulos brancos do corpo – ou seja, seu sistema imunológico – possam desenvolver uma resposta imunológica natural”.

Leia também: OMS alerta que jovens são os maiores propagadores do COVID-19

“Ao encontrar uma versão selvagem do vírus, ele o decompõe sem quaisquer sintomas. Isso quebra a cadeia de infecção e reduz as mortes – milhões, na verdade”.

Em um curto video médico revela mitos sobre vacina contra a COVID-19
Foto:(reprodução/internet)

Não há relação com autismo ou Alzheimer

Ele também atacou a crença de que as vacinas podem causar coisas como autismo e doença de Alzheimer.

O médico continuou: “A ligação entre vacinas e autismo e vacinas e Alzheimer foi completamente desmentida por estudos em grande escala”.

Em um curto video médico revela mitos sobre vacina contra a COVID-19
Foto:(reprodução/internet)

“Não há bebês mortos, pedaços de bebês mortos ou qualquer outra coisa na vacina que vai te fazer mal. Isso tudo é um mito”.

Vacinas não são perfeitas, mas o risco é quase nulo

Finalmente, ele ressaltou que, embora nenhuma vacina seja perfeita, há uma chance incrivelmente pequena de que algo dê errado com esta.

Janaway explicou: “Os riscos reais das vacinas são o risco de reação anafilática, que é extremamente baixo, e o risco de reação alérgica a alimentos que podem ser usados ​​(e eles perguntarão antes de administrá-las)”.

Em um curto video médico revela mitos sobre vacina contra a COVID-19
Foto:(reprodução/internet)

“Há também o risco de dano ao tecido local devido à inserção de uma agulha em alguém, e um pequeno risco de dano geral ao tecido, mas, mais uma vez, isso é muito baixo. Você pode ter alguns sintomas, mas estes são a reação imunológica do corpo – não a o próprio vírus”.

Traduzido e adaptado por equipe Jovem Online
Fonte: Ladbible