Dicas de como criar uma loja virtual grátis, fácil e simples

As lojas virtuais estão crescendo a cada ano que passa. Os motivos são vários, dentre eles destacamos o fato que de que esse tipo de comércio pode gerar muitas vendas. Portanto, podemos dizer que o alcance da internet é muito maior se comparado às estratégias de vendas das lojas presenciais.

Uma pesquisa realizada pela Big Data Corp em parceria com PayPal, no ano passado, avaliou que 88% dos e-commerces brasileiros são pequenos. Ou seja, são plataformas que recebem até 10 mil visitas mensais. Então, se você acha que não pode fazer esse tipo de investimento, saiba que é uma opção viável sim.

As lojas virtuais têm um menor custo de manutenção, maior oferta de meios de pagamento, facilidade de monitoramento de estoque e outras coisas. Além disso, você ainda pode vender 24 horas por dia. Enquanto dorme, a sua vitrine virtual continua ativa. Ótimo, não?

como fazer uma loja virtual
Foto: (reprodução/internet)

Diante de tudo isso, temos certeza que você está disposto a conhecer dicas para criar a sua loja virtual. Continue por aqui, vamos explicar tudo a seguir, na continuação deste artigo.

Antes de começar a vender na internet, leia isso

Nós vamos falar aqui a respeito de alguns passos importantes a serem pensados antes que você inicie as suas vendas. Se você já começou, esses passos podem ajudar a fortalecer ainda mais o seu negócio.

ANÚNCIO

Em primeiro lugar, defina qual é o produto que você vai vender, mas esta escolha precisa estar relacionada com aquilo que você gosta de fazer. Afinal, isso irá ajudar diretamente na escolha dos melhores produtos e também potencializa a sua dedicação diária.

Entenda qual é o público que vai comprar o seu produto. Por exemplo, se você planeja vender roupas femininas, é importante analisar o estilo e entender qual é o perfil de mulheres ou meninas que comprariam aquela roupa. Isso ajuda a fazer uma campanha para atingir esse público.

como fazer uma loja virtual
Foto: (reprodução/internet)

Veja os melhores fornecedores e monte um bom estoque. A princípio, esse estoque não precisa ser tão grande, mas é bom ter um planejamento para atender da melhor maneira os seus clientes.

Passo a passo para montar a sua loja virtual

1. Escolha uma plataforma

O ideal, para quem está começando e não entende muito de plataformas desse estilo, é escolher uma opção que já tenha suporte. No geral, elas são pagas mas os valores são bastante simbólicos se analisar as funcionalidades. Observe alguns exemplos:

  • Loja VirtUOL

Essa é uma plataforma do UOL. Ela foi pensada para pessoas que estão começando do zero, comerciantes que ainda não têm um negócio digital ou para aquelas pessoas que já vendem no Instagram ou Facebook e gostariam de ter um site.

Lá você já tem vários modelos de sites prontos, basta escolher um. Ela já vem com PagSeguro integrado para facilitar o pagamento dos clientes e o seu recebimento dos valores. Você vai poder receber pagamentos com cartões de crédito, débito ou por boleto bancário.

A loja também já vem integrada com Mercado Livre e Correios. Percebe que eles pensaram em todos os detalhes? Observe esse vídeo em que é explicado o funcionamento da plataforma.

Os planos de assinatura são determinados de acordo com a quantidade de mercadorias anunciadas. Até 50 produtos, você paga R$ 59,99 mensais, até 300 produtos, R$ 69,99 mensais e o pacote para produtos ilimitados custa R$ 99,99 mensais.

  • Loja Integrada

Essa plataforma possui um plano gratuito e mais algumas opções de planos pagos. Ela oferece um suporte completo para que você possa se preocupar com o mínimo de detalhes possível. Observe as funcionalidades:

– Atendimento ao cliente;
– Diversas formas de pagamento;
Logística;
– Gestão;
– Marketing.

A Loja Integrada possui planos que vão desde o gratuito até R$ 499,00 mensais. Vale a pena entrar no site e conferir todos os detalhes dos serviços. Eles ainda oferecem diversas opções de formas de envio, formas de pagamento e divulgação.

2. Cuide da imagem dos seus produtos 

Lembre-se que as pessoas não terão acesso aos seus produtos de maneira física. Então, é necessário que você invista em boas fotos para demonstrar da melhor maneira o que você vende. Aqui, o mais importante é o uso da criatividade. Faça também uma boa descrição do produto.

3. Meios de pagamento e de envio

Como já falamos anteriormente, a maioria das plataformas já oferecem esses serviços integrados. No entanto, é importante que você fique bastante atento a esse detalhe e escolher uma opção que dê opções de pagamento ao seu cliente. Além disso, é necessário garantir que o produto chegue ao seu destino final.

O Mercado Pago e o PagSeguro são boas opções para os pagamentos com cartão de crédito e de débito. Para pagamento com boletos, nós destacamos o PagHiper. Em relação à entrega, prefira os Correios. É possível fazer um plano com a empresa para que os seus clientes não tenham que pagar muito frete.

4. Divulgue a sua loja

Não adianta nada fazer todos esses passos e não divulgar os seus produtos para aumentar as vendas, certo? Você pode fazer isso por meios mais tradicionais como a criação de uma página no Instagram ou Facebook e divulgações no WhatsApp. Além disso, nós temos uma dica final.

Você conhece o Facebook Marketplace?

O Marketplace do Facebook é um espaço para compra e venda e esse serviço pode ser utilizado por qualquer usuário do site. O espaço funciona como uma espécie de classificados para que as pessoas possam encontrar os seus produtos.

Você também poderá criar anúncios para que mais pessoas tenham acesso ao seu negócio. Nós separamos aqui, um vídeo que explica o passo a passo para você utilizar essa funcionalidade.

Conclusão

Para entrar em um negócio digital, não é necessário muito mais do que dedicação em empenho. Afinal, todo o formato já está pronto, basta acreditar e começar. Boa sorte.

ANÚNCIO