Adolescente faz tatuagem e pai vai parar no tribunal

ANÚNCIO

O pai de um adolescente está sendo levado ao tribunal depois de conceder permissão à filha para fazer uma tatuagem de apanhador de sonhos no tornozelo.

Filha pede autorização do pai para se tatuar

Casey Victory tinha 16 anos e meio quando meu pai, Brad Victory, concordou em deixá-la se tatuar. No entanto, a mãe de Casey não ficou nada impressionada.

ANÚNCIO

Brad, que também está tatuado, disse ao A Current Affair: “Casey veio até mim e me perguntou: ‘Pai, posso fazer uma tatuagem?’

Adolescente faz tatuagem e pai vai parar no tribunal
Foto:(reprodução/internet)

Ela disse: “Eu realmente quero uma tatuagem, quero deixar o passado para trás”.

Pai concede o pedido como presente de Natal

“Eu tenho tatuagens, então eu não posso realmente ser um hipócrita”.

ANÚNCIO

De acordo com a lei de Nova Gales do Sul, menores – ou seja, menores de 18 anos – devem ter permissão por escrito de um dos pais ou responsável para fazer uma tatuagem, então Brad fez exatamente isso para o presente de Natal de Casey.

Adolescente faz tatuagem e pai vai parar no tribunal
Foto:(reprodução/internet)

Em seguida, ele recebeu uma intimação do tribunal.

Garota não fala com a mãe a três anos

Isso aconteceu depois que a mãe de Casey, Nadene Rae Rees, entrou com uma ação legal e apresentou acusações contra seu ex de agressão que ocasionou lesões corporais reais.

Casey, que fez com que o apanhador de sonhos simbolizasse suas esperanças e sonhos, disse: “Ele é o melhor pai que eu poderia pedir”.

Leia também: Mulher caminha pela asa do avião depois de reclamar de calor

Ele faz tudo para mim, me ensina como fazer as coisas. Posso ir até ele e falar sobre qualquer coisa. Quando preciso de ajuda, ele está sempre disponível para mim”.

Adolescente faz tatuagem e pai vai parar no tribunal
Foto:(reprodução/internet)

Quando se trata de sua mãe, no entanto, ela acrescentou: “Não falo com ela há 3 anos”.

Advogado afirma que processo não faz sentido

Seu pai acrescentou: “Eu não acho que [Nadene] precisava saber, porque ela não tem nada a ver com Casey”.

Sam Macedone, um advogado, disse ao A Current Affair: “Isso não é comum em um tribunal criminal. Este é um caso entre ex-marido e ex-mulher”.

“Para ter um processo criminal, onde um dos pais dá consentimento para sua filha fazer uma tatuagem – o que é bastante legal – então eu não entendo do que se trata.

Brad tem sua primeira audiência no tribunal

“Existem outras formas de lidar com este assunto”.

“Mas ter este homem acusado de ferir sua filha ou de agredi-la é, na minha opinião, ridículo”.

Em sua primeira audiência no tribunal, que foi no Tribunal Local de Picton, na quarta-feira (16 de setembro), uma acusação anterior de GBH (lesão corporal grave) foi retirada, mas a acusação de ABH (lesão corporal real) ainda está sendo contestada.

Traduzido e adaptado por equipe Jovem Online
Fonte: Ladbible

ANÚNCIO