Robôs são usados para atendimento ao coronavírus em hospitais lotados

ANÚNCIO

Ele não se cansa e não fica doente – pode até trabalhar em vários turnos sem perder o foco.

Robô é capaz de verificar se a pessoa é ou não portador do vírus

Seu nome é Cruzr e pode ser a resposta a um sistema hospitalar sobrecarregado na Austrália.

ANÚNCIO

O Cruzr e sua família de robôs projetados pela UBTECH foram implantados no único hospital designado para o tratamento de COVID-19 em Shenzhen, o Terceiro Hospital Popular de Shenzhen (TPHS).

Robôs são usados para atendimento ao coronavírus em hospitais lotados
Foto:(reprodução/internet)

Na China, o Cruzr pode rastrear a temperatura de 200 humanos em um minuto e pode então notificar a equipe médica se o paciente tiver potencialmente o coronavírus.

O uso dessas máquinas garante a preservação dos profissionais de saúde

Natasha Huang é a gerente australiana da UBTECH e diz que o Cruzr será uma virada de jogo ao ajudar médicos e enfermeiras australianos a lidar com a crise causada pelo coronavírus.

ANÚNCIO
Robôs são usados para atendimento ao coronavírus em hospitais lotados
Foto:(reprodução/internet)

“A equipe médica é nosso recurso precioso neste momento. Neste momento, realmente precisamos deles para fazer o trabalho crítico, precisamos que eles estejam ao lado do leito da UTI, precisamos deles para atender a essas situações severas em vez de medir a temperatura corporal e depois infectou-se”, disse ela ao A Current Affair.

Um modelo básico do Cruzr já foi testado em Queensland com o Hospital Princess Alexandra e o Royal Brisbane and Women’s Hospital usando robôs TESA (The e Health Service Assistant) para guiar os pacientes pelo hospital e conduzir pesquisas.

Mais vidas serão salvas

Gurpreet Ghuliani é da Telstra Ventures, que é o braço de investimento independente da Telstra. Eles se uniram à UBTECH para dar vida ao robô por meio de sua rede 5G, IA e tecnologia em nuvem.

“Aqui temos tecnologia que pode ser usada para nos auxiliar imediatamente e ajudar, com sorte, a salvar mais vidas”, disse ele.

“Achamos que Cruzr e sua família podem realmente mudar o sistema de saúde ajudando as pessoas a fazerem seu trabalho com segurança”.

 

Traduzido e adaptado por equipe Jovem Online
Fonte: 9news

ANÚNCIO