Assassino do pai de lenda do basquete ganhará liberdade condicional

ANÚNCIO

Um dos dois homens condenados pelo assassinato do pai da lenda do basquete Michael Jordan em 1993 será libertado da prisão em três anos, disseram autoridades estaduais na terça-feira.

Larry participará de um programa de reinserção social

A Comissão de Supervisão Pós-Libertação e Liberdade Condicional da Carolina do Norte anunciou em um documento de três parágrafos que concedeu liberdade condicional a Larry Demery, que será libertado em agosto de 2023, informaram meios de comunicação.

ANÚNCIO

A data de soltura de 2023 decorre de uma parte do acordo de liberdade condicional de Demery estipulando que ele participará de um programa que fornece ajuda escolar e profissional para prepará-lo para a vida depois que sair da prisão, disse Greg Thomas, porta-voz do Departamento de Segurança Pública da Carolina do Norte.

Assassino do pai de lenda do basquete ganhará liberdade condicional
Foto:(reprodução/internet)

O porta-voz da Jordan não quis comentar hoje.

Troca de acusações e mentiras

Durante o julgamento, os promotores usaram o testemunho de Demery para identificar Daniel Green como o atirador no roubo mortal de James Jordan no início de 23 de julho de 1993. O corpo de James Jordan foi encontrado 11 dias depois em um pântano da Carolina do Sul e identificado usando registros dentais. Demery e Green tinham 18 anos na época.

ANÚNCIO
Assassino do pai de lenda do basquete ganhará liberdade condicional
Foto:(reprodução/internet)

Green disse anteriormente que ele e Demery estavam em um churrasco quando seu amigo saiu para se encontrar com alguém para um negócio de drogas. Ele disse que Demery voltou horas depois parecendo abalado e pedindo-lhe para ajudar a eliminar o corpo de Jordan no pântano. Green disse que Demery lhe disse que confundiu James Jordan com uma conexão de drogas e atirou nele após uma altercação.

Assassino do pai de lenda do basquete ganhará liberdade condicional
Foto:(reprodução/internet)

O estado apresentou provas no julgamento de que James Jordan foi morto em seu Lexus vermelho enquanto cochilava ao lado de uma estrada de acesso da rodovia US 74 em Lumberton, perto da Interestadual 95. Os promotores disseram que o motivo foi roubo.

Ambos condenados à prisão perpétua

Green admitiu ter ajudado Demery a despejar o corpo de uma ponte em um pântano próximo à fronteira estadual em McColl, na Carolina do Sul. Os dois homens mais tarde viajaram no Lexus por vários dias, fazendo ligações do telefone do carro.

Assassino do pai de lenda do basquete ganhará liberdade condicional
Foto:(reprodução/internet)
Assassino do pai de lenda do basquete ganhará liberdade condicional
Foto:(reprodução/internet)

Um júri decidiu por uma sentença de prisão perpétua mais 40 anos para Demery depois que ele se confessou culpado em 1995 de assassinato em primeiro grau, assalto à mão armada e conspiração para cometer roubo. Ele foi condenado novamente em 2008 depois que um erro foi encontrado em sua sentença inicial. Demery foi condenado à prisão perpétua, o que o tornou elegível para liberdade condicional.

Assassino do pai de lenda do basquete ganhará liberdade condicional
Foto:(reprodução/internet)
Assassino do pai de lenda do basquete ganhará liberdade condicional
Foto:(reprodução/internet)

Um juiz condenou Green à prisão perpétua por assassinato durante a prática de um roubo e 10 anos por conspiração para cometer roubo. As sentenças deveriam ser cumpridas consecutivamente.

 

Traduzido e adaptado por equipe Jovem Online
Fonte: 9news

ANÚNCIO