Como fazer um canal no YouTube

Já faz um tempo que o YouTube se tornou um dos principais veículos de entretenimento do mundo. No Brasil não é diferente. Desde o início, o YouTube conquista cada vez mais usuários, tanto espectadores quanto produtores de conteúdo. Porém, um dos fatores que contribuiu, e muito, para a popularização do YouTube (prendendo o internauta por mais tempo) foi o surgimento das famosas 'gerações' de youtubers. Muitos 'vloggers', 'makers' ou criadores, ficaram famosos fazendo 'vlogs' e 'covers' no YouTube, e conquistaram uma legião de fãs, além de, em alguns casos, receberem mais dinheiro do que famosos da televisão.

A partir daí, começou o interesse de muitos internautas, não por assistir os vídeos de seus 'ídolos', como também, seguir os mesmos paços e criar um canal de sucesso no YouTube.

É importante observar que o YouTube passou por algumas mudanças e transformações e, ao longo do tempo, alguns critérios também mudaram, tanto relacionados às funcionalidades, quanto a questões de praticidade e termos para o criador (youtuber).

Atualmente, ao criar e confirmar uma conta, o usuário pode incrementar facilmente o canal com algumas funcionalidades, como: transmissão ao vivo, monetização (rentabilização), dentre outras questões, além de poder personalizar o canal. Para algumas funcionalidades, o youtuber precisa atender a alguns requisitos mínimos. Porém, atualmente ficou mais 'fácil' conseguir ativar a monetização do canal, basta criar a conta, confirmar e ativar a monetização. Para monetizar, o YouTuber precisa ter, no mínimo, um vídeo elegível para monetização.

Porque fazer um canal no YouTube?

Muitas pessoas têm objetivos e necessidade de falar com seu público, debater e discutir suas visões, mostrar seu talento e, porque não, fazer sucesso. O mercado da TV e da 'indústria' (cinema, gravadoras...) é muito disputado e requer tempo, na maioria das vezes, para que se consiga bons resultados profissionais. O YouTube surgiu como uma ferramenta alternativa. É o principal canal de expressão dos jovens atualmente e, além de ser veículo de entretenimento, permite que pessoas com boas idéias possam ganhar dinheiro e falar com seu público e assim, conquistar seus fãs.

Como fazer um canal no YouTube?

Vamos ao passo a passo para criar um canal de sucesso no YouTube!

1) É verdade que algumas vezes alguns canais começam 'do nada', alguém faz um vídeo, posta lá e quando vê, o vídeo está 'bombando'. Porém, são exceções. O ideal é fazer um planejamento. Escolher o tema (música - fazer um canal de cover ou música autoral, falar de música, game, vlog - vídeos gerais sobre si mesmo e situações cotidianas, humor ou outras opções). Depois de escolher o tema, é importante escolher o nome e pensar na estratégia que funcione. O importante é ser original, porém, assistir outros canais é importante para conhecer mais o mercado.

2) Escolher um bom equipamento. Novamente, podemos ver casos em que os vloggers (youtubers) contam que começaram com equipamentos simples e alguns, até hoje, continuam filmando com equipamentos simples. Porém, é importante ter noção de que se o som ou a imagem não ficarem muito boas, pode dificultar a visualização do vídeo. Filmar em locais com boa iluminação e com menos 'ruídos' (barulho de carro, pessoas...) pode ajudar. É importante ser natural, porém, para ter sucesso, até o tal 'improviso' precisa ser 'ensaiando'.

3) A parte 'mão na massa' é importante. Para criar a conta no YouTube, é importante ter um e-mail do gmail (servidor de e-mail da empresa Google, 'dona' do YouTube), é com o gmail que você irá integrar os diversos serviços do Google, dentre eles, o AdSense (serviço que remunera os youtubers, sites e blogs). 

4) Depois de alguns testes, é importante começar com um bom vídeo no canal. Se você souber editar, é 'muitooo' melhor. O YouTube oferece um editor de vídeos 'online' no próprio site. Depois de enviar o vídeo, você pode editar o vídeo através do próprio YouTube, porém, alguns programas de edição podem garantir melhores opções de edição.

5) O importante, além de manter periodicidade, é traçar uma 'estratégia' de divulgação dos seus vídeos. Algumas vezes acontece de um vídeo 'bombar' e 'fazer sucesso', porém, é importante encontrar as formas de compartilhar o vídeo. Através de amigos, buscando parceria 'cross', de indicação de outros canais de amigos, dentre outras opções.

6) É importante ficar de olho nos termos e condições. Lá estão disponíveis as regras de utilização dos serviços, principalmente sobre direitos autorais e conteúdo permitido. O Google também disponibiliza um tutorial e fóruns em sua página, para qualquer tipo de dúvidas. Porém com as novas funcionalidades, o YouTube ficou prático e 'fácil' de mexer.

7) Ao atingir 10 dólares, o Google enviará o PIN (código) pelo correio, para que você confirme sua conta e endereço. Você pode fazer saques a partir de 100 dólares. É relativamente difícil chegar a este valor, haja vista o AdSense trabalhar com CPM/CPC (uma mescla de custo por clique e custo por cada mil visualizações), além diversos outros critérios de mecanismo para composição dos ganhos. De acordo com os termos de serviço do AdSense, as informações são 'sigilosas e pessoais', portanto, nos limitamos a dizer que existe uma média variável nacional para que se tenha uma base dos ganhos, que algumas vezes, representam 'centavos'. Porém, existem youtubers internacionais que chegam a ganhar mais de meio milhão de reais por mês, segundo estimativas.

8) Tenha bastante cuidado com o comprometimento e respeito aos termos de uso do Google! Lei e cumpra as instruções com atenção!

Veja mais matérias!

Para ficar por dentro de mais novidades! Cura nossa página no Facebook! Clique aqui!

Curta também a página oficial do Nelson Gazolla! Clique aqui!

Veja também como tirar seu DRT!


Para quem ainda não viu! Veja cinco formas diferentes de tirar o DRT! → http://www.jovemonline.com.br/2015/04/o-drt-e-muito-importante-para-quem-quer.html
Publicado por Jovem Online em Sábado, 9 de janeiro de 2016

Como fazer um canal no YouTube Revisada por Nelson Gazolla em 02:24 Avaliação: 5
Todos os direitos reservados Jovem Online © 2015

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.