Como ter seu programa na TV


Muitas pessoas, incluindo artistas e atores têm o objetivo de ganhar maior visibilidade e destaque no cenário nacional. Muitos percebem na televisão um grande objetivo para que possam transmitir idéias e opiniões para uma grande "massa", Porém, muitos artistas (atores, apresentadores, músicos) ou formadores de opinião, não conhecem todas as formas possíveis de chegarem aos resultados e, muitas vezes, acabam dependendo da "boa vontade" dos contratantes (emissoras/produtoras).

Para quem não sabe, Silvio Santos, utilizava seu programa de televisão para alavancar as vendas do "Baú da Felicidade'. Pode ser que ali, ele tenha encontrado não só o "baú dos piratas", mas um verdadeiro "mapa da mina". Ela já tinha uma ideia, um objetivo e algo a dizer.

Porém, Silvio Santos era seu próprio patrão. Ele não era funcionário, alugava os horários na emissora. Na TV Paulista e depois, quando a concessão da TV foi adquirida pela Globo (em São Paulo), Silvio Santos passou a ter também, seu programa na Globo. Por "ironia do destino", o maior apresentador da televisão brasileira não iria poder, depois de um tempo, continuar com seu programa na Globo, pois a Globo não mais alugaria horários em sua grade de programação. Ali, talvez, estivesse nascendo o SBT.

Existem algumas formas interessantes e diferentes para conseguir um programa de televisão. Muitos atores, acabaram se dando bem nesta área, principalmente financeiramente. É o caso de Rodrigo Faro, que, embora estivesse ganhando destaque na Globo, acabou se transferindo para a Record, para substituir Márcio Garcia (que voltava para a Globo). Em resumo, foi a melhor atitude que ele podia ter tomado. Pelo menos financeiramente. Especula-se que Rodrigo Faro ganhe cerca de 1 milhão de reais mensais. Valor superior ao que recebem os principais atores da Globo.

Ratinho do SBT, que hoje é empresário e dono da Rede Massa, rede de televisão afiliada ao SBT no Paraná, também começou como um apresentador, porém, que causava bastante polêmica com seu estilo. E conseguiu sucesso.

Mas e então, por onde começar?

A resposta é simples: depende do que você procura. Existem alguns caminhos, mas a principal dica é: aprenda, aprenda, aprenda, e ouça os conselhos de quem já fez. Tire suas próprias conclusões, e vá a luta.

Uma das boas dicas, é despertar o interesse das emissoras. Os testes às vezes são restritos. Mas fique atento em sites que divulgam novidades, é preciso estar antenado e de olho em tudo. Algumas emissoras públicas costumam fazer seleções mais abrangentes, é o caso da TV Brasil. Outra boa opção é ficar de olho nas seleções de emissoras regionais. Muitas emissoras também fazem seleção para encontrar um novo apresentador, é o caso de Vinícius Valverde, que embora já tivesse feito programas de TV, ganhou destaque quando foi aprovado numa seleção da TV Vanguarda (Vale do Paraíba) emissora do Boni, e apresenta o Papo Vanguarda, além de matérias nacionais do Big Brother Brasil.

A Vanguarda é uma emissora que sempre lança concursos para novos apresentadores. Fique de olho.

Porém, não são apenas estas as opções. Outra dica é ganhar destaque no YouTube, que inclusive remunera os parceiros por vídeos enviados (embora seja necessário saber sobre os procedimentos) para quem vai à luta, pode se tornar algo muito Rentável. A Kéfera Buchmann, do 5inco Minutos, por exemplo, ganhou destaque e chegou a ser apresentadora da MixTV. Embora seus vídeos também façam muito sucesso na Internet.


Veja o canal dela no YouTube

Outra opção é alugar horários na TV. Basta fazer um bom projeto e conseguir o patrocinador, pode ser com sites de angariação de fundos, ou apresentando seu projeto para a empresa. Porém, se você tem um projeto e acredita nele, procure alguém que possa te orientar para que você apresente a melhor proposta para o cliente. Você não pode "se queimar", então, tem que acertar na hora de apresentar seu projeto. Pode até fazer parceria com alguém que seja bom em vendas ou elaboração de projetos, e claro, pesquisar mais sobre o assunto.

Muitas emissoras alugam horários para produtores independentes, neste caso, se tiver o patrocínio, fica mais fácil, pois a qualidade da produção é importante.

Um horário de um programa semanal na televisão pode variar (em média) de R$ 200,00 (duzentos reais) a 300 mil reais, ou até mesmo chegar à casa do milhão.

Mas espera, R$ 200,00 reais? Isso mesmo, neste caso, um programa local na TV a cabo, pode custar até R$ 200,00 por mês + seu custo com a filmagem (produção). Porém, seu lucro com patrocínio e merchandising pode chegar a 30 mil reais por mês, em média.

Se você é empresário e quer produzir conteúdo para divulgar e ser o patrocinador do seu próprio programa, ótimo! Aproveite e dê oportunidades para os artistas!

Emissoras que locam espaço na TV:

- Band (negociação)
- RedeTV! (negociação)
- TV Gazeta
- Rede Brasil de Televisão
- NGT
- NET (a operadora NET, tem plano específico de locação).
- Afiliadas locais de SBT, Record, Band, RedeTV!.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK E ACOMPANHE AS NOTÍCIAS

Posts relacionados:

Lista de emissoras para cadastro de artistas
Lista de produtoras para cadastro de artistas
Como fazer o cadastro na Globo
Como tirar o DRT
Como participar do você na malhação
Projeto de fotografia e vídeo
Josué e a Terra Prometida, Nova Novela da Record
Como ter seu programa na TV Revisada por Nelson Gazolla em 13:19 Avaliação: 5
Todos os direitos reservados Jovem Online © 2015

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.